Sexta-feira, 22 de Fevereiro de 2008

De passagem...



Devia ser proibido escrever o que quer que fosse quando o tédio embota o espírito, a moleza invade o corpo e se estende aos dois indicadores teclantes...( pronto, agora passou só a um, ponho o cotovelo direito na secretária, apoio-lhe o tronco, demoro o dobro do tempo a escrever, o que é bom porque fico ao ritmo do pensamento e só esta mania de meter parêntesis é que me faz sair deste remanso pouco ergonómico ).

O ponto alto da minha agitação vespertina foi ir meter o euromilhões.

O preço da esperança está cada vez mais caro. Sonhar alto custa cada vez mais...

Atravesso na passadeira. Um carro pára. Levanto ligeiramente a mão num muito ténue agradecimento. Às vezes é só um pequeno inclinar de cabeça.

Mas chega.

Eu sei que chega. Quando sou eu a parar também fico a ver as reacções.

E há de tudo... o velhinho simpático que até leva a mão ao chapéu ;

A senhora que grita obrigada e desata a correr, se calhar com medo que eu me arrependa;

Os que se atiram para a passadeira sem sequer olharem se o carro tem tempo para travar...qualquer dia apanham com um em cima e ficam todos contentes com o enterro pago;

A que me deita  um ar indignado porque travei muito em cima da passadeira;

Ah... e depois temos os meninos da Casa Pia.

Quem passa às 4 da tarde na rua dos Jerónimos sabe do que eu falo.

É a hora do intervalo nas aulas. Eles vão ao outro lado da rua comprar o lanche.
A pastelaria chama-se, muito apropriadamente - Traz mais um !

E é sempre mais um, ou dois, ou três a passearem na passadeira.Há os que se apressam mas, geralmente, vão nas calmas.

Todos diferentes, todos muito iguais...

 Quando um grupo vai, já o outro vem. Cruzam-se. Falam. Mostram o que compraram, o que comem. Riem. Normalmente não fazem de propósito...estão na deles.

Mas, de vez em quando, há uns mais provocadores, até se baixam para ver a cara do condutor - quanto mais impaciente ele estiver mais eles gozam !

Então se o automobilista ameaça com o barulho do acelerador ou tenta ir avançando devagar, está feito.

Qu'éssa merda ? Achandraíumcoxe qu'isto é a passadeira, é da gente, etc, etc, etc.

O truque é passar uns minutos mais tarde. Ou, se tiver que passar àquela hora, é não ligar nenhuma, não reagir. Eu tenho sempre uma unha falhada para olhar, uma suposta borbulha para ver no espelho, o relógio que precisa de ser acertado, o telemóvel para ver as mensagens, até apanhar uma aberta no  êxodo e desandar !!!

Agora é que eu estava boa para ir para lá...nem me mexia !

A televisão na sala está a dar os resumos dos jogos de ontem.

Eu sei que passámos, mas odeio ouvir que os lagartos se portaram melhor...

Nem me levanto...já vi o que a tinha a ver...a chama imensa não é cor-de-rosa de certeza !

Bocejo.

Acho que até com o House eu vou adormecer.

Boa noite, minha gente !

sinto-me: mole como as papas
publicado por entreparentes às 22:53
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Sítios que eu visito

.posts recentes

. Daqui a 1 mês não tenho n...

. O Xico Careca e o Faceboo...

. As escadinhas da Regina

. Já lá vão 50 anos...

. Escrever...

. O TAI CHI E EU (I)

. Voltei !

. Vou fazer Harakiri...

. Saravá, amigo de Apucaran...

. Como é que se diz ? Parec...

.arquivos

. Maio 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Outubro 2006

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds